FATE: A SAGA WINX | Netflix está sendo atacada por promover whitewashing na série

Segundo os fãs, a série "Fate: A Saga Winx" promoveu whitewashing ao elencar atrizes brancas para interpretar as personagens Flora e Musa.



Desde que a Netflix divulgou o trailer de “Fate: The Winx Saga“, na última quinta (10), diversos fãs do desenho animado original tem questionado o serviço de streaming sobre o respeito a etnia das personagens originais. Para alguns deles, a adaptação promoveu whitewashing ao selecionar atrizes brancas para interpretar uma personagem asiática e outra latina.

O grupo de personagens principais da série é composto Bloom, a fada da Chama do Dragão, Stella, a Fada do Sol, Flora, a Fada da Natureza, Tecna, a Fada da Tecnologia, Musa, a Fada da Música, e Aisha, a fada das Ondas. Na animação original, a personagem Flora é latina e Musa é asiática.

Grupo principal de Fadas da Animação "Clube das Winx"
Grupo principal de Fadas da Animação “Clube das Winx”


Na adaptação, entretanto, ambas são interpretadas por Elisha Applebaum  e Eliot Salt, ambas caucasianas. No live action, a fada Flora também teve seu nome modificado, e passará a ser reconhecida por Terra, embora possua os mesmos poderes e elementos da fada do desenho animado.



A prática de whitewashing é caracterizada pela escalação de atores brancos em papéis que deveriam pertencer à pessoas de outras etnias, ou a decisão de sempre caracterizar certo personagem branco como herói. A prática já teve impacto negativo sobre diversas obras, como Peter Pan (2015), onde Rooney Mara foi escalada para interpretar a Princesa Tigrinho (indígena) e O Último Mestre do Ar (2010), que contratou Noah Ring para viver Aang, um personagem asiático.





A Netflix nem os produtores da série ainda se pronunciaram sobre o assunto. A maioria das reclamações e denuncias de whitewashing se deram através do twitter. Confira algumas delas:

não é a netflix que vai promover whitewashing com as personagens asiática e latina do seu live action de Clube das Winx ?

Então é assim que o Clube das Winx parece de acordo com a Netflix





Vocês tiraram a Flora, uma personagem latina mestiça que sempre esteve lá para ajudar as meninas, Tecna que salvou e é o cérebro do grupo por tantas vezes e promoveram whitewashing com a Musa? A tomboy asiática que é leal, reconfortante e forte? Vocês, ratos da @netflix, vão apodrecer no inferno“.

Isso é real? Eu achei que era um fan casting! Porque eles não trouxeram uma atriz asiática e latina? Mentira, não é difícil? Porque eles têm que pintá-las? Isso é burrice”.

A primeira temporada de Fate: A Saga Winx chega à Netflix no dia 22 de Janeiro do próximo ano.

Arquiteto e Urbanista pós-graduando em Cenografia. Editor-Chefe e administrador do Sobre Sagas desde 2013. Apaixonado por adaptações cinematográficas, especialmente de fantasia.
FacebookInstagramLinkedin

1 comentário

  • Não são os mesmos poderes. A Flora tem, na animação, poderes sobre a vida vegetal, e a Terra, ao que tudo indica, terá poderes do elemento terra.

Deixe seu comentário