Westworld, atriz de Dolores quebra silêncio sobre cancelamento da 5ª temporada: “devastador”

Westworld, atriz de Dolores quebra silêncio sobre cancelamento da 5ª temporada devastadorA atriz Evan Rachel Wood, que interpretou Dolores Abernathy na série de ficção científica “Westworld”, falou abertamente sobre o cancelamento repentino do programa pela HBO. Tanto os fãs quanto o elenco ficaram devastados com a notícia de que a quinta temporada não iria mais acontecer.

Westworld” foi lançada em 2016 e obteve grande sucesso ao explorar um parque temático do Velho Oeste habitado por androides, levantando questões éticas e morais sobre inteligência artificial. Ao longo das temporadas, a série expandiu sua narrativa para também abordar temas futuristas governados por inteligência artificial.

No entanto, após quatro temporadas, a audiência começou a diminuir, o que levou ao cancelamento antes da quinta temporada planejada.

O último episódio da quarta temporada, que agora serve como final não planejado da série, deixou os fãs chocados, com a sugestão do fim da humanidade e da maioria das formas de vida senciente. No clímax, a personagem Dolores, interpretada por Evan Rachel Wood, reconstrói o parque temático original de Westworld no Sublime, uma existência digital. Essa cena acabou sendo um adeus inesperado a esse mundo distópico que cativou uma legião de fãs.

Wood expressou sua frustração por não poder dar um desfecho adequado à história de Dolores após quase uma década interpretando a personagem.

Foi devastador de muitas maneiras porque, em primeiro lugar, eles não nos diziam para onde a série estava indo. Sempre nos diziam, “Sabemos como a série termina”, quando começamos. Eles não estavam escrevendo conforme avançávamos. Tinham uma ideia, e estávamos todos apenas esperando em um leito de pregos para ver e ouvir qual era a conclusão disso tudo. O que tudo significava. Não tivemos essa experiência, e depois de construir uma trajetória e um personagem por quase 10 anos e não receber a recompensa no final para ver para onde tudo estava indo — acho que para nós e para o público, foi terrível de muitas maneiras. Pedi aos criadores depois de sermos cancelados: “Por favor, podem me dizer como vocês planejavam terminar?” E eles não me contaram. Acredito que seja porque, não sei, talvez de alguma forma, de alguma maneira, em alguma iteração, conseguiremos finalizá-la, mas ainda não sei. Isso ainda me mantém acordado à noite.

Apesar dos esforços dos fãs para tentar salvar a série, o alto custo de produção foi um obstáculo significativo. Com um orçamento superior a 160 milhões de dólares apenas na quarta temporada, “Westworld” não conseguiu justificar sua continuação frente aos números de audiência.

Casos anteriores, como as séries “Brooklyn Nine-Nine“, “Lucifer” e “Warrior Nun”, demonstraram que campanhas de fãs podem ter sucesso, mas o futuro de “Westworld” permanece incerto.

Atualmente, todas as quatro temporadas da série foram removidas do catálogo do HBO Max, tornando mais difícil para os fãs antigos e novos acessarem o conteúdo.

A esperança de Wood e dos fãs é que a história de “Westworld” possa ser contada de outra forma, em outro meio ou através de mídia alternativa, permitindo assim que a complexidade da trama tenha o desfecho desejado.

Alexandre Garcia PeresEditor do Sobre Sagas e Analista de SEO da WebGo/Content. Raramente ri com filmes e prefere muito mais um dramão. Sempre conta os dias pelos próximos filmes do Tarantino, da Pixar e do Studio Ghibli e frequentemente reassiste os mesmos filmes na dúvida do que assistir. Pela formação em Letras, tem pavor de adaptações ruins de livros e sente um leve prazer ao assistir filmes muito ruins, especialmente os que passam na TV aberta. No tempo livre, gosta de tocar violão/guitarra, jogar videogame e brincar com um dos seus 12 gatos.
FacebookLinkedin
Fechar