Um Passado Sombrio, final explicado: O que aconteceu com Britanny? Quem matou Olivia?

Um Passado Sombrio, filme lançado em 2014 sob a direção de Amy Berg, é um thriller psicológico que prende a atenção dos espectadores com uma história de crime incrivelmente triste e com um final que pode não ser tão claro quanto o que algumas pessoas imaginam.

Protagonizado por Elizabeth Banks, Dakota Fanning Danielle Macdonald, o longa oferece ao público um caso cheio de reviravoltas e com pontos que, para serem realmente compreendidos, exigem uma análise maior da psique das personagens.

Confira a seguir uma explicação sobre os principais pontos do final de Um Passado Sombrio.

O Enredo de Um Passado Sombrio

Alice Manning e Ronnie Fuller, tinham apenas 11 anos quando se viram envolvidas em meio a um terrível crime que resultou na detenção das duas em uma instituição para menores. Na ocasião, após encontrarem um bebê, Olivia, chorando numa varanda, elas sequestraram a criança. Dias depois, ambas foram acusadas e condenadas pelo homicídio da criança.

Depois de sete anos, agora maiores de idade, elas são libertadas e tentam retomar suas vidas como podem. No entanto, o desaparecimento de uma criança chamada Brittany as coloca novamente no centro das suspeitas, por causa de seu passado e da semelhança entre as duas crianças.

A detetive Nancy Porter, é, novamente, a responsável pelo caso, e mais uma vez, vai enfrentar a desafiante tarefa de descobrir a verdade, lidando com os relatos contraditórios de Alice e Ronnie, tanto do novo crime, quanto do crime do passado.

O final de “Um Passado Sombrio”

um passado sombrio final

Após tentar contatar as duas ex-detentas, Alice é a única que decide cooperar com o caso de desaparecimento de Brittany, e em seu depoimento à Porter ela dá a entender que Ronnie com certeza está por trás do sequestro da nova criança. Além disso, ela aproveita a ocasião para dizer a Porter que no caso anterior, da morte de Olivia, Ronnie agiu praticamente sozinha, e ela era inocente.

Após ouvir uma versão dos fatos muito diferente após conseguir levar Ronnie para depoimento, Porter investiga a fundo e começa a entender a verdade.

O que aconteceu com Britanny?

A investigação revela que, durante sua estadia na detenção juvenil, Alice engravidou aos 15 anos após ter sido seduzida por um dos funcionários do local, Rodrigo. Logo após dar à luz, seu bebê foi dado para a adoção pela mãe da adolescente, Helen.

Ao sair do reformatório, Alice estava desesperada por encontrar a filha, e decide contratar seu ex-amante da prisão para ajudá-la.

Assim, convencida de que Brittany era sua filha, após ver uma marca de nascença na menina igual a que sua mãe mentiu que sua filha tinha, Alice, junto a Rodrigo, realiza o sequestro da menina.

Após descobrir tudo isso, Porter encontra Britanny sob os cuidados da mãe de Rodrigo, e ele e Alice são presos pelo crime de sequestro. Mestre na arte da manipulação, no entanto, Alice aponta Rodrigo como seu estuprador no reformatório, e apela para o emocional do judiciário. Dessa maneira, ela escapa de quaisquer acusações pelo sequestro de Brittany, e consegue sair impune.

Quem matou Olivia?

A verdadeira responsável pela morte de Olivia é uma questão que permeia toda a narrativa. Alice, sempre se colocou na posição de inocente, alegando ter sido apenas uma espectadora dos eventos que levaram à morte da bebê.

Por outro lado, em seu depoimento, Ronnie revela que Alice foi a verdadeira mentora do crime, contando que na época, Alice a manipulou a matar Olivia quando a neném ficou doente, impedindo Ronnie de devolvê-la para os pais, e ameando que, se ela não matasse Olivia, ela, Alice a jogaria na frente de um ônibus.

Ao longo de todo o filme percebemos o caráter manipulador de Alice, além do fato de que, diferente de Ronnie, ela não demonstra remorso por nenhum dos crimes. Portanto, apesar de o filme deixar claro que foi Ronnie quem cometeu o ato físico, também fica subentendido que foi por influência das ações de Alice que o crime aconteceu.

O que aconteceu com Ronnie?

À medida que as peças do quebra-cabeça de Um Passado Sombrio vão se encaixando, percebe-se o quanto a culpa pode consumir uma pessoa. Ao menos quando esse sentimento não é anulado por uma psique sociopata, como a de Alice.

Após ter tudo trazido à tona novamente pela manipuladora Alice, que além de culpá-la novamente pelo crime do passado, faz ameaças de que ela pode voltar a ser responsabilizada pelo desaparecimento de Britanny, Ronnie não suporta a pressão.

Assim, no final de Um Passado Sombrio, atormentada pelas lembranças sombrias do crime de seu passado e com medo de retornar para a prisão, dessa vez por algo que realmente não cometeu, a jovem surta e escolhe tirar a própria vida, em um fim trágico e triste.

CONFIRA Também: A Favorita, final explicado do filme: O que a cara de desgosto de Anne e Abigail significa?

Aline ResendeFormada em Marketing e pós graduanda do curso de Língua Portuguesa e Literatura. Trabalha na área de comunicação como Criadora de Conteúdo além de fazer trabalhos de atuação e locução para materiais em vídeo. Pseudo-cinéfila e apaixonada por todo universo Geek.
Instagram
Fechar