Sweet Tooth | Por que Gus pode falar e outros híbridos não?

Descubra aqui por que Gus, que é um híbrido entre humano e cervo, pode falar em Sweet Tooth, mas outros híbridos não podem.



Christian Convery como Gus em Sweet Tooth (Imagem: Reprodução/Netflix)

Na última sexta-feira (04), chegou ao catálogo da Netflix a primeira temporada de Sweet Tooth, série de fantasia que adapta os quadrinhos do quadrinista canadense Jeff Lemire.  Na série, acompanhamos uma espécie de roadtrip de Gus (Christian Convery), um híbrido de humano e cervo, com o caçador Jepperd (Nonso Anozie). Entretanto, muitos fãs novos ficaram uma dúvida: por que Gus pode falar em Sweet Tooth e outros híbridos não?

Se você ficou com essa mesmíssima dúvida, pode ficar tranquilo(a): nós, do Sobre Sagas, preparamos esta matéria completa com as possíveis explicações para o porquê de Gus, que, como já comentamos, é um híbrido de humano e cervo, ter a capacidade de falar enquanto outros híbridos não têm.

O que são e como surgiram os híbridos?



No universo de Sweet Tooth, uma pandemia fez com que diversas crianças começassem a nascer com características animais. Estes “novos seres” são chamados “híbridos“. O personagem central de Sweet Tooth é Gus, interpretado na série pelo astro-mirim Christian Convery, um híbrido entre humano e cervo.



Não se sabe até o momento, na série, a origem do “grande flagelo“, o vírus que alterou completamente o mundo conhecido até então. Nesse ponto, o que restou da humanidade se divide em dois grupos: o primeiro acredita que os híbridos são igualmente vítimas do grande flagelo. Já o segundo acredita que eles são os responsáveis pela calamidade.





Esse segundo grupo não apenas discrimina os híbridos: muitos dos integrantes até mesmo caçam os híbridos, seja por vingança, seja por esperança de que a morte deles reverta a situação calamitosa em que se encontram. O que faz com que os híbridos vivam reclusos, distantes da humanidade, com medo de serem exterminados pelos humanos.

Os híbridos, em sua maioria, não possuem a capacidade de falar. Ao menos não com uma linguagem verbal. Muitos dos híbridos conseguem se comunicar rudimentarmente com sinais. Entretanto, Gus — e alguns outros híbridos, como você deve ter visto na série — consegue falar normalmente. Mas por quê?

Você também pode gostar de ler:
Sweet Tooth | As 10 melhores músicas da trilha sonora da série

Por que Gus pode falar e outros híbridos não?

Como comentamos, os híbridos precisam viver isolados no universo de Sweet Tooth. Do contrário, eles podem acabar sendo vítimas de humanos que, acreditando que eles são a causa do grande flagelo, os caçam friamente.

E é justamente este isolamento que talvez explique o porquê de os híbridos, em sua maioria, não falarem. A interação com outras pessoas é fundamental para que uma criança humana aprenda a falar. Vivendo isolados na natureza, os híbridos não têm contato com seres humanos e, consequentemente, não são socializados.





Diferentemente de Gus, por exemplo. Já nos primeiros instantes da série, nós vemos Gus sendo levado por seu pai (Will Forte) para longe da civilização, mas permanecendo perto dele o tempo todo e o criando por vários anos. Essa interação do jovem híbrido com o seu pai foi fundamental para que ele aprendesse a falar.

Gus e seu pai na série Sweet Tooth (Imagem: Reprodução/Netflix)
Gus e seu pai na série Sweet Tooth (Imagem: Reprodução/Netflix)

Além disso, Gus não apenas fala como também adquiriu a capacidade de falar muito antes do que um bebê inteiramente humano geralmente adquire. Isso talvez possa ser explicado pelo seu lado animal, já que os bebês cervos aprendem a realizar suas ações básicas, como andar, muito rapidamente, já que a vida na natureza não é nada fácil.

Outro fator determinante para Gus ter aprendido a falar foi o fato de ele ter sobrevivido o bastante para isso, sob a proteção de seu pai — e posteriormente sob a proteção de Jepperd. Uma sorte que nem todos os híbridos têm.

 

E aí, gostou de saber o possível motivo de Gus pode falar em Sweet Tooth, mas outros híbridos não? Que outras dúvidas você tem sobre a série? Pois conta para a gente aí nos comentários!





Além disso, fique sempre ligado(a) aqui no Sobre Sagas para mais matérias sobre suas séries e filmes favoritos!

Fontes: DC Fandom e Screen Rant

Redator e revisor da WebGo Content, graduado em Letras – Português/Inglês pela PUCPR. Tem experiência com redação e revisão de textos para Web. Gosta de poesia, literatura, cinema, televisão e gatos.

Deixe seu comentário