A Sociedade da Neve: Quais os fatos que ficaram de fora da história do novo filme da Netflix?

“A Sociedade da Neve” ganhou destaque como um dos mais recentes sucessos da Netflix, capturando a atenção global com sua narrativa dramática de sobrevivência.

Baseado em eventos reais, o filme mergulha na história do desastre aéreo de 1972 que envolveu um time de rúgbi uruguaio, traçando as lutas e o triunfo dos seus membros ao enfrentarem um dos cenários mais hostis das altas montanhas dos Andes.

Com sua entrega emocional e visualmente impactante, o filme foi saudado por seguir fielmente os eventos reais, embora haja alguns detalhes e nuances que ficaram de fora do filme.

Quais são as diferenças da história real para o filme A Sociedade da Neve?

A Sociedade da Neve Quais os fatos que ficaram de fora da história do novo filme da Netflix
A Sociedade da Neve: veja os fatos que ficaram de fora da história do novo filme da Netflix.

Por mais que “A Sociedade da Neve” tenha capturado a essência da realidade, é possível identificar algumas diferenças entre o filme e os eventos reais.

Por exemplo, aspectos da viagem – como uma parada não planejada em Mendoza devido ao mau tempo antes de prosseguir para Santiago – foram fatos que ficaram de fora do filme.

Além disso, a operação de resgate, um esforço que se estendeu por dois dias na vida real, foi retratada de maneira mais “apressada” e simultânea para manter a tensão cinematográfica sem sacrificar a realidade emocional.

Como podemos notar, as diferenças entre a história real e o filme Sociedade da Neve estão nos detalhes, e foram poucos os fatos que ficaram de fora.

A Sociedade da Neve é bastante fiel aos acontecimentos reais

O diretor J.A. Bayona mergulhou na narrativa com a intenção clara de alcançar fidelidade factual e emoções autênticas que desafiassem os espectadores a entenderem o verdadeiro custo da sobrevivência.

Abordando a história com delicadeza e um compromisso com a verdade, o filme é um testemunho poderoso não apenas da tragédia, mas também do poder da resiliência e coragem humana.

Como estão os sobreviventes hoje?

“A Sociedade da Neve” também não mostra o legado duradouro dos sobreviventes, suas vidas marcadas por um evento tão transformador.

Todos os anos, os sobreviventes se reúnem no dia 22 de dezembro para prestar homenagens na data do acidente.

Desde livros até consultorias para garantir a precisão da adaptação fílmica, os sobreviventes tiveram um papel ativo não apenas em suas próprias narrativas, mas também na criação do filme.

Dentre os sobreviventes do acidente, os único falecidos são Javier Methol e José Luis “Coche” Inciarte, que morreram em 2015 e 2023, respectivamente.

CONFIRA Também: A Sociedade da Neve: Tudo sobre o filme da Netflix que pode estar no Oscar em 2024

Aline ResendeFormada em Marketing e pós graduanda do curso de Língua Portuguesa e Literatura. Trabalha na área de comunicação como Criadora de Conteúdo além de fazer trabalhos de atuação e locução para materiais em vídeo. Pseudo-cinéfila e apaixonada por todo universo Geek.
Instagram
Fechar