Série de “Harry Potter” ganha atualização empolgante e anima potterheads

  • A série de “Harry Potter” está avançando para se tornar uma realidade
  • Francesca Gardiner é uma das finalistas para o cargo de showrunner da série
  • A produção está em andamento e há rumores de outros projetos do “Mundo Mágico”

A série de “Harry Potter” está mais perto de se tornar uma realidade. Segundo informações recentes, a seleção para o cargo de showrunner da série, que será transmitida pela plataforma Max, está na fase final. Francesca Gardiner, conhecida por seu trabalho em “Succession“, é uma das três finalistas e pode ser a responsável por trazer o universo de Hogwarts para a tela da TV.

Gardiner já trabalhou como produtora consultora em séries como “His Dark Materials” e “Killing Eve” e ganhou dois prêmios Emmy. A participação de J.K. Rowling nas negociações indica que a série pode refletir de perto a visão da autora. Além disso, há rumores de que outros projetos do “Mundo Mágico” possam surgir no futuro.

Embora Gardiner seja uma forte candidata, outros nomes ainda podem ter papéis importantes no projeto, como Martha Hillier, Kathleen Jordan, Tom Moran e Michael Lesslie.

A produção da série está a cargo da Brontë Film and TV, dirigida por Neil Blair, agente de Rowling, e da Warner Bros Television. A CEO da Brontë, Ruth Kenley-Letts, e o produtor cinematográfico David Heyman estão em negociações para assumir a produção executiva.

Embora o desenvolvimento do projeto esteja progredindo, a escolha do elenco é um desafio delicado. Os fãs têm uma forte ligação com os atores originais, como Daniel Radcliffe, Emma Watson e Rupert Grint, e a escolha dos novos atores será crucial para o sucesso da série.

Com a escolha de Francesca Gardiner como possível showrunner e a expectativa gerada em torno da adaptação para a televisão, o universo de “Harry Potter” está pronto para encantar tanto os antigos fãs quanto conquistar uma nova geração.

Alexandre Garcia PeresEditor do Sobre Sagas e Analista de SEO da WebGo/Content. Raramente ri com filmes e prefere muito mais um dramão. Sempre conta os dias pelos próximos filmes do Tarantino, da Pixar e do Studio Ghibli e frequentemente reassiste os mesmos filmes na dúvida do que assistir. Pela formação em Letras, tem pavor de adaptações ruins de livros e sente um leve prazer ao assistir filmes muito ruins, especialmente os que passam na TV aberta. No tempo livre, gosta de tocar violão/guitarra, jogar videogame e brincar com um dos seus 12 gatos.
FacebookLinkedin
Fechar