Round 6 | Quanto valeria o prêmio de 45.6 Bilhões de Won em Reais?

Round 6 é a mais recente produção sul-coreana da Netflix e um sucesso no mundo inteiro. Na série, 456 participantes endividados e desesperados disputam em provas mortais, inspiradas em brincadeiras infantis, por um prêmio bilionário de 45.6 bilhões de Won (moeda usada na Coreia do Sul desde 1962), diretamente relacionado ao número de mortes ocorridas nas provas de Round 6. Mas será que você sabe quanto este prêmio bilionário equivaleria em reais?

Quanto vale 45.6 bilhões de Won em Reais?

O prêmio de 45.6 bilhões de Won da série Round 6 (Imagem: Reprodução/Netflix)
O prêmio de 45.6 bilhões de Won da série Round 6 (Imagem: Reprodução/Netflix)

Quem não conhece o valor da moeda da Coreia do Sul certamente fica impressionado com a quantia de 45.6 bilhões de Won prometida ao grande vencedor. Porém, em reais, esse número é ligeiramente menor do que parece, não alcançando a marca de doze zeros (ou seja, não alcançando a marca do bilhão).

Atualmente, em conversão direta, o prêmio de 45.6 bilhões de Won equivaleria a aproximadamente R$ 208,653,000 de reais. Uma quantia inegavelmente alta, mas será que alta o suficiente para justificar a participação em um jogo mortal em que a premiação aumenta a cada morte ocorrida?

Na série, com a quantia de 45.6 bilhões de Won, o protagonista da série, Seong Gi-hun, conseguiria quitar todas as suas dívidas e reconquistar a custódia de sua filha. Já a participante Kang Sae-byok, com esse valor, esperava retirar sua família da Coreia do Norte, garantindo a ela e aos seus familiares uma vida tranquila em Seoul, capital da Coreia do Sul. Cho Sang-woo, por sua vez, aproveitaria o prêmio para devolver o valor que roubou e, com isso, evitaria a prisão.

Mas e você? Estaria disposto a ingressar em uma competição mortal pela quantia de R$ 208,853,000? Se sim, o que você faria com o prêmio? Conta para a gente aí nos comentários!

Você seria capaz de vencer a competição de Round 6? Descubra no quiz abaixo!

Alexandre Garcia PeresEditor do Sobre Sagas e Analista de SEO da WebGo/Content. Raramente ri com filmes e prefere muito mais um dramão. Sempre conta os dias pelos próximos filmes do Tarantino, da Pixar e do Studio Ghibli e frequentemente reassiste os mesmos filmes na dúvida do que assistir. Pela formação em Letras, tem pavor de adaptações ruins de livros e sente um leve prazer ao assistir filmes muito ruins, especialmente os que passam na TV aberta. No tempo livre, gosta de tocar violão/guitarra, jogar videogame e brincar com um dos seus 12 gatos.
FacebookLinkedin
Fechar