O Jogo das Chaves está na Netflix? Veja onde assistir esta série mexicana

Em “O Jogo das Chaves”, série/novela mexicana que já ganhou duas temporadas, acompanhamos um grupo de amigos que resolvem experimentar uma troca de casais para apimentar as relações. As consequências dessa jornada leva cada personagem a uma trilha de autodescobrimento.

Onde assistir O Jogo das Chaves?

Indo direto ao ponto, “O Jogo das Chaves” não está disponível na Netflix. Porém, a série está disponível no Amazon Prime Video. A plataforma de streaming oferece todos os episódios já lançados das duas temporadas.

Sobre “O Jogo das Chaves”

A narrativa de “O Jogo das Chaves” é ousada e pode ser um tanto desconcertante. Acompanhamos um grupo de quatro casais amigos que, buscando apimentar suas relações, embarcam em uma aventura sexual não convencional. Este jogo de troca de parceiros acaba por desencadear uma série de situações tanto cômicas quanto dramáticas, impactando diretamente cada um dos integrantes.

Os personagens são apresentados a dilemas e questionamentos sobre suas visões da sexualidade e do casamento. A cada novo episódio, testemunhamos os reflexos das suas escolhas nas relações estáveis que antes mantinham. A segunda temporada da produção desvia um pouco do calor dos momentos íntimos e se aprofunda mais nos dramas individuais e familiares dos participantes deste jogo.

O Jogo das Chaves está na Netflix Veja onde assistir esta série mexicana

No centro do elenco, temos Maite Perroni, conhecida por muitos por seu papel no grupo RBD, que interpreta Adriana “Adri” Romero. Outros nomes como Sebastián Zurita, Marimar Vega e Humberto Busto também são destaques, cada um dando vida às complexidades de seus respectivos personagens.

Horacio Pancheri, Hugo Catalán, Ela Velden e Fabiola Campomanes completam esse grupo de atores principais, e junto ao elenco recorrente, que inclui talentos como Abril Mitchell e José María Torre, trazem à vida essa trama intrigante.

Vale a pena assistir?

A primeira temporada da série “O Jogo das Chaves” veio com a promessa de cenas quentes, tendo recebido elogios por parte de fãs que ansiavam por ver Maite Perroni em cenas mais provocativas. No entanto, a evolução para a segunda temporada provocou uma mudança significativa de foco, com menos ênfase na sensualidade e mais atenção aos aspectos dramáticos da história – o que pode deixar alguns personagens parecendo menos interessantes, com exceção de Leo, que aparentemente conseguiu escapar dessa tendência.

O programa tenta adentrar em temas como dramas pessoais e relações LGBT, mas alguns críticos apontam que a abordagem pode ser superficial e caricata, o que pode tornar a experiência de assistir à série um tanto cansativa após algum tempo.

A sugestão de alguns é que, apesar dos esforços para se aprofundar em temas complexos e relações não convencionais, “O Jogo das Chaves” acabou não fugindo de uma certa repetitividade dramática, desviando-se da ousadia e da inovação que a premissa do sexo grupal parecia prometer no início.

Alexandre Garcia PeresEditor do Sobre Sagas e Analista de SEO da WebGo/Content. Raramente ri com filmes e prefere muito mais um dramão. Sempre conta os dias pelos próximos filmes do Tarantino, da Pixar e do Studio Ghibli e frequentemente reassiste os mesmos filmes na dúvida do que assistir. Pela formação em Letras, tem pavor de adaptações ruins de livros e sente um leve prazer ao assistir filmes muito ruins, especialmente os que passam na TV aberta. No tempo livre, gosta de tocar violão/guitarra, jogar videogame e brincar com um dos seus 12 gatos.
FacebookLinkedin
Fechar