Monstros: A Maldição do Dragão, novo shounen de Eiichiro Oda já na Netflix

O anime shounen “Monstros: A Maldição do Dragão” chegou ao catálogo da Netflix nesse domingo, dia 21 de janeiro.

Para os fãs de shounen e, particularmente, para os seguidores de One Piece, o famoso manga de Eiichiro Oda, essa é uma notícia que mistura nostalgia e novidade. Conhecido por tecer histórias épicas, Oda promete mais uma vez capturar a imaginação dos espectadores.

Qual a história de Monstros: A Maldição do Dragão?

Monstros: A Maldição do Dragão, novo shounen de Eiichiro Oda já na Netflix
Monstros: A Maldição do Dragão estreou nesse domingo na Netflix.

Em “Monstros: A Maldição do Dragão”, nós somos apresentados a Shimotsuki Ryūma, o grande samurai com fama de espadachim lendário.

A série desenrola sua jornada desde os primórdios, quando ele conhece Flare, uma jovem garçonete cuja vida foi virada de cabeça para baixo pela destruição de sua cidade por um dragão colossal.

Movido por um senso de justiça e pela promessa de uma aventura formidável, Ryuma se ergue para enfrentar não só a ameaça escamosa que lança fogo pelos céus, mas também adversários com seus próprios objetivos obscuros, ansiosos por detê-lo em seu caminho para a glória.

Anime é do mesmo criador de One Piece

A genialidade por trás de “Monstros: A Maldição do Dragão” não é novidade para quem acompanha o mundo dos mangás e animes.

Eiichiro Oda, autor de One Piece, está por trás dessa história também. Na verdade, “Monstros” está entre os primeiros trabalhos de Oda, publicado originalmente em 1994, e estabelece suas raízes décadas antes da saga de Monkey D. Luffy, protagonista de One Piece.

A familiaridade no traço e o espírito de aventura irremediável de Oda são marcas registradas que também se fazem presentes neste novo título.

Monstros: A Maldição do Dragão é canônico em One Piece?

Esse é um detalhe que está levantando muitas sobrancelhas e debates entre os fãs: “Monstros: A Maldição do Dragão” é parte do universo canônico de One Piece?

O Ryuma que nós vemos em “Monstros” é o mesmo que aparece em One Piece – embora, na série principal, tenhamos um vislumbre diferente dele.

Essa conexão é fundamental e oferece uma dimensão maior à lenda de Ryuma, que também tem laços com outro personagem icônico do universo de One Piece, Roronoa Zoro.

No entanto, uma questão sensível surgiu entre os entusiastas: a localização onde Ryuma enfrenta o dragão.

Isso porque há diferenças entre a descrição da batalha em Wano, terra natal dos samurais em One Piece, e o cenário ao estilo faroeste em “Monstros”, que pode levantar questões sobre a consistência dentro do cânone estabelecido de One Piece.

O que esperar desse anime shounen?

“Monstros: A Maldição do Dragão” traz consigo todas as expectativas e o hype típicos de um trabalho de Eiichiro Oda.

Se a história de One Piece é um parâmetro, podemos esperar tramas repletas de emoção, batalhas de tirar o fôlego, e um desenvolvimento de personagens que fique conosco muito depois de terminarmos de assistir ao último episódio.

Além da intrigante premissa do anime, temos aqui a chance de explorar ainda mais o passado de um universo fantástico que já cativou milhões de fãs pelo mundo.

CONFIRA Também: Revelado novos planos da Netflix para ‘One Piece’ e você não IMAGINA o que está para acontecer

Aline ResendeFormada em Marketing e pós graduanda do curso de Língua Portuguesa e Literatura. Trabalha na área de comunicação como Criadora de Conteúdo além de fazer trabalhos de atuação e locução para materiais em vídeo. Pseudo-cinéfila e apaixonada por todo universo Geek.
Instagram
Fechar