As Meninas Superpoderosas | Novas imagens revelam divergência entre série e desenho

Novas imagens dos bastidores de "As Meninas Superpoderosas" revelam uma divergência entre a série live action e o desenho animado.

A produção do piloto de “Superpoderosas”, série live-action que retratará a vida adulta das Meninas Superpoderosas segue acontecendo em Atlanta, cidade estadosunidense famosa pelas gravações dos dramas daCW. É claro que, para evitar vazamentos sobre a trama, a maioria das gravações acontecem em estúdios cinematográficos e locações isoladas, mas ainda assim, algumas cenas requerem que as filmagens ocorram em espaços públicos.

Foi o caso de algumas sequências que foram rodadas nas ruas de Atlanta durante essa semana, que felizmente foram capturadas por alguns fãs e paparazzis locais. Em novas imagens disponibilizadas pelo JustJared, podemos ver  Dove Cameron com o uniforme clássico da Lindinha (Bubbles). Aqui, vale lembrar que essa caracterização será utilizada apenas em flashbacks da trama, cujo foco será na vida adulta do trio de super-heroínas. Confira as imagens a seguir:

As Meninas Superpoderosas Bastidores
Imagens dos bastidores de “As Meninas Superpoderosas” (Imagem: Reprodução/JustJared).
Imagens dos bastidores de "As Meninas Superpoderosas" (Imagem: Reprodução/JustJared).
Imagens dos bastidores de “As Meninas Superpoderosas” (Imagem: Reprodução/JustJared).
Imagens dos bastidores de "As Meninas Superpoderosas" (Imagem: Reprodução/JustJared).
Imagens dos bastidores de “As Meninas Superpoderosas” (Imagem: Reprodução/JustJared).

Em uma delas, podemos ver que a personagem está assoprando algo. Ainda ontem, quando a imagem foi divulgada, Dove Cameron curtiu um tweet que dizia que isso se parecia com o sopro congelante, dando a entender que Lindinha utilizará essa habilidade durante o live action.

Dove Cameron curtiu tweet sobre sua personagem utilizar o sopro congelante (Imagem: Reprodução/Twitter).

Esse ponto, entretanto, tem sido discutido entre os fãs que acompanham a produção mais de perto, já que nos desenhos, esse poder pertence a outra personagem que o adquire em um episódio bastante especial da animação. No clássico dos anos 90, nenhuma das habilidades da Lindinha é relacionada ao sopro/vento. Pode ser um detalhe ou cena que passa despercebido pela produção da The CW, mas já indica que a trama do live action pode desviar um pouco daquilo que temos na animação.

Sopro congelante nos desenhos

Florzinha utiliza o sopro congelante no desenho animado
Florzinha utiliza o sopro congelante no desenho animado (Imagem: Reprodução/Cartoon Network)

No desenho animado “As Meninas Superpoderosas”, lançado em 1995, a habilidade do sopro congelante é introduzida no capítulo “É de Congelar”, o 8° episódio da primeira temporada. Nele, a cidade de Townsville enfrenta uma onda de calor insuportável, fazendo com que toda a população busque por sombra e abrigo.

Na casa das protagonistas, Docinho prepara o café da manhã e acaba superaquecendo a aveia com ondas de calor, o que faz com que todos queimem a boca. É nesse momento que Florzinha descobre que tem o poder do sopro congelante. No episódio, o Professor Utônio revela que cada uma delas tem poderes específicos, e só devem utilizá-los quando forem realmente necessários.

Florzinha descobre seus poderes em As Meninas Superpoderosas
Florzinha descobre seus poderes de sopro congelante (Imagem: Reprodução/Cartoon Network).

Em um momento posterior do capítulo, as garotas são convocadas para auxiliar no combate a um roubo. Florzinha acaba utilizando o sopro congelante na tentativa de deter os assaltantes, mas cria um caminho de gelo que, na verdade, os ajuda a fugir. Se sentido culpada, a personagem promete nunca mais utilizar o poder.

Posteriormente, o Prefeito de Townsville descobre o motivo da onda de calor: uma bola de fogo está em rota de colisão com a cidade. Docinho e Lindinha tentam pará-la mas não obtém sucesso, e com isso, elas tiveram que convencer Florzinha a utilizar o poder novamente. No final, a heroína acaba aceitando e, juntas, elas conseguem acabar com o problema.

É claro que, por se tratar de uma adaptação, a série da The CW não tem obrigação de seguir o que é apresentado nos desenhos, e que isso é um detalhe pequeno se comparado a totalidade do enredo. Mas caso façam isso em escalas maiores, pode acabar recebendo críticas dos fãs do desenho animado.

Quais são suas expectativas para o live action de “As Meninas Superpoderosas”? Não se esqueça de compartilhar suas opiniões em nossas redes sociais. Fiquem ligados no Sobre Sagas para mais informações sobre a produção!

Fontes: JustJared

Arquiteto e Urbanista aficionado por Cenografia e Cinema. Administrador do Sobre Sagas desde 2013 e apaixonado por adaptações cinematográficas, especialmente de fantasia.
FacebookInstagramLinkedin

Deixe seu comentário