Harry Potter e a Ordem da Fênix | 8 curiosidades sobre a Organização

Publicidade

Publicidade

Hoje comemoramos dezoito anos desde o lançamento do livro “Harry Potter e a Ordem da Fênix onde acabamos conhecendo a organização de bruxos que ajudou a acabar com a Primeira Guerra Bruxa derrotando muitos Comensais da Morte.

E mesmo após tanto tempo de lançamento, o mundo criado por J.K. Rolling é tão rico que ainda existem curiosidades a serem descobertas em cada cantinho do universo bruxo.

Publicidade

A seguir você acompanha uma lista sobre a Ordem da Fênix que talvez você ainda não soubesse.

Publicidade

1 – Apenas Dumbledore podia falar o endereço da Ordem

Dumbledore Ordem da fênix

Você provavelmente se lembra do feitiço Fidelius, aquele que os pais de Harry submeteram Pedro Pettigrew sem saber que ele era um Comensal da Morte disfarçado, o que resultou em suas mortes. Pois bem, Dumbledore também era um fiel do segredo, no caso a localização do quartel-general da Ordem da Fênix.

Publicidade

Publicidade

Sendo assim, apenas o diretor de Hogwarts conseguia (fisicamente) falar para os outros membros que a sede ficava localizada no Largo Grimmauld 12.

2 – Molly Weasley não foi membro da primeira Ordem

molly Ordem da fênix

Ao contrário do que podíamos pensar sobre a participação da sra. Weasley em relação a Ordem, ela não foi uma dos membros da primeira organização.

Apesar disso, outros dois membros de sua família já faziam parte na primeira leva. Fabian Gideon Prewett eram irmãos de Molly e acabaram sendo brutalmente assassinados durante a Primeira Guerra Bruxa.

3 – Para entrar na Ordem da Fênix era preciso confiar cegamente

Ordem da fênix membros

Da mesma forma que Harry não podia dividir a informação sobre a busca pelas horcruxes com os outros membros da Ordem, Dumbledore também precisou esconder muitos segredos da organização.

Sendo assim, uma das regras primordiais para entrar no grupo era “não fazer perguntas” e “confiar cegamente”. Inclusive se você necessário morrer (como foi mais vezes do que gostaríamos), os membros precisavam confiar de que era por um bem maior. Difícil, não é?

4 – Semelhança entre os apoiadores da Ordem e os apoiadores de judeus

Publicidade

Publicidade

Se você é o do tipo que curte história, já deve ter percebido a semelhança entre o plano maléfico de Voldemort e o Nazismo, certo?

Pois bem, outro elemento que J.K. fez questão de basear sua história, foi o que acontecia com os puro-sangue que, na visão de Voldemort eram traidores do sangue bruxo e ajudavam tanto a Ordem quantos os nascidos-trouxas.

Essas pessoas eram punidas, muitas vezes com a morte, assim como acontecia com quem escondia judeus no período da Segunda Guerra Mundial. O exemplo  mais claro disso citado nos livros e filme foi da família bruxa Westenberg que forneceu abrigo aos membros da Ordem da Fênix durante a Segunda Guerra Bruxa. Eles foram encontrados assassinados em seu porão logo após a estadia dos membros.

5 – A senhora Figg fazia parte da Primeira Ordem

Para quem não lembra, a Sra. Figg era um aborto (nascida-bruxa, porém, sem ter desenvolvido magia) e foi encarregada por Dumbledore a cuidar de Harry enquanto ele morava com os tios.

Pois bem, mesmo sem poderes, ela também fez parte da Primeira Ordem da Fênix. Isso fica claro no final do “Calice de Fogo” quando Dumbledore pede a Sirius para que reúna os antigos membros da Ordem e acaba citando o nome de Figg.

6 – Minerva trabalhou como informante na Primeira Guerra Bruxa

Publicidade

Publicidade

A professora Minerva McGonagall demorou um pouco para se juntar a Ordem da Fênix não sendo muito claro se ela era ou não um membro oficial do grupo durante a Primeira Guerra Bruxa.

O que se sabe com certeza, é que em sua forma animaga ela trabalhou como espiã de Comensais da Morte, reunindo muitas informações importantes sobre os seguidores de Voldemort e transmitindo-as aos Aurores do Ministério da Magia na época.

7 – Número de tragédias com membros da Ordem é assustador

pais Neville ordem da fênix

A gente sabe que muitos que lutaram contra o Lorde das Trevas tiveram finais trágicos, porém, quando se coloca esses finais em números, a porcentagem é assustadora.

Segundo dados da própria obra de J.K. Rolling apenas na Primeira Guerra Bruxa, 44% dos membros da Ordem da Fênix tiveram finais horríveis como a morte ou incapacitação permanente, como foi o caso dos pais de Neville.

8 – Pettigrew foi o único membro a trair a Ordem da Fênix

Considerando a quantidade de membros que a Ordem da Fênix tinha e o poder de persuasão do Lorde das Trevas é incrível que apenas Pedro Pettigrew tenha traído a organização.

Publicidade

Publicidade

Lembrando que nem mesmo os membros que acabaram sendo torturados e mortos revelaram os segredos do grupo. Isso só prova que Pettigrew era mesmo um maldito rato.

CONFIRA Também:

Harry Potter e as Relíquias da Morte Parte 2 | Quiz: Você é capaz de perceber TODAS as diferenças entre o LIVRO e o FILME?

E então, já conhecia alguma dessas curiosidades sobre A Ordem da FênixLembrando que esse e os outros filmes de Harry Potter estão disponíveis na HBO MAX.

Formada em Marketing e pós graduanda do curso de Língua Portuguesa e Literatura. Trabalha na área de comunicação como Criadora de Conteúdo além de fazer trabalhos de atuação e locução para materiais em vídeo. Pseudo-cinéfila e apaixonada por todo universo Geek.

Deixe seu comentário