Em Ruínas: o novo e violento filme coreano da Netflix que tem tudo para bombar

A Netflix promete agitar o fim de semana dos amantes do cinema com o lançamento do seu mais recente filme coreano, intitulado “Em Ruínas”.

Este thriller de ação violenta, que chegou à plataforma de streaming na sexta-feira, dia 26/01, é a sequência do filme “Concrete Utopia” lançado em 2023.

O filme vem gerando expectativas elevadas devido à sua intensa narrativa pós-apocalíptica e cenas de lutas que misturam humor e um estilo visual marcante.

Qual é a história de Em Ruínas?

Em Ruínas: o novo e violento filme coreano da Netflix que tem tudo para bombar
Em Ruínas: novo filme coreano da Netflix tem tudo para bombar na plataforma.

“Em Ruínas” apresenta uma Seul pós-terremoto, transformada em uma cidade sem regras e repleta de caos.

A trama segue o protagonista Nam-san (Don Lee), também conhecido como Ma Dong-seok. Nam-san é um caçador determinado a sobreviver em meio à turbulência e à destruição que se espalham pela cidade.

Sua busca pela sobrevivência o coloca em um caminho perigoso quando ele se propõe a salvar Suna (Roh Jeong-eui), uma jovem que é mantida refém por um médico cruel intitulado Yang Gi-su (Lee Hee-joon).

O desdobramento da história promete ser carregado não apenas de perigo e ação, mas também de uma intensa carga dramática.

Elenco de Em Ruínas

Além de Don Lee, conhecido principalmente por seu trabalho em “Invasão Zumbi”, o elenco de “Em Ruínas” traz talentos como Lee Hee-joon (A Lenda do Mar Azul), que assume o papel do vilão Yang Gi-su.

Jovens atores como Lee Jun-young e Roh Jeong-eui também se destacam no elenco. Entre eles estão Jun-young (Mask Girl) como Choi Ji-wan, um protegido de Nam-san, e Jeong-eui (Nosso Eterno Verão) na pele da sequestrada Suna.

O que esperar de Em Ruínas?

“Em Ruínas”, como o título sugere, leva os espectadores a um mundo dilacerado pela catástrofe, onde a sobrevivência é o maior prêmio.

O público deve se preparar para um festival visual de ação intensa e violência estilizada, pontuado ocasionalmente por momentos de humor e escapismo.

A promessa é de uma jornada de puro entretenimento dentro da ficção pós-apocalíptica, onde o desespero e a brutalidade são capturados através de uma bela fotografia. Há quem compare a estética visual do filme à icônica série “Mad Max”.

De modo geral, o filme é visto como um convite ao escapismo: não busca ser uma profunda reflexão sobre a condição humana, mas uma explosão de adrenalina e diversão para os fãs do gênero.

Pontos fortes e pontos fracos do filme

No cenário atual do cinema, onde os thrillers de ação são frequentes mas não sempre memoráveis, “Em Ruínas” se destaca por trazer uma fórmula que favorece perseguições de tirar o fôlego e lutas coreografadas meticulosamente.

Alguns críticos apontam como um dos principais atrativos a habilidade do filme em manter a audiência engajada nas sequências de ação, que são bem executadas e de fácil acompanhamento.

Por outro lado, algumas resenhas apontam para o uso de clichês típicos do gênero, o que poderia limitar sua originalidade.

Contudo, a performance carismática e cômica de Don Lee vem sendo bastante elogiada, com destaque para como o filme aproveita seu talento para entregar tanto força física quanto alívio cômico.

CONFIRA Também: 60 MINUTOS: 3 motivos para você assistir na Netflix, e 2 pra passar longe

Aline ResendeFormada em Marketing e pós graduanda do curso de Língua Portuguesa e Literatura. Trabalha na área de comunicação como Criadora de Conteúdo além de fazer trabalhos de atuação e locução para materiais em vídeo. Pseudo-cinéfila e apaixonada por todo universo Geek.
Instagram
Fechar