Daniel Radcliffe – Melhores produções após Harry Potter

Daniel Radcliffe está completando 32 anos e você confere outras ótimas produções com o ator no elenco em seu período após Harry Potter.

Publicidade

Publicidade

Hoje Daniel Radcliffe está completando 32 anos e mesmo tendo deixado o papel de Harry Potter há uma década, o carinho que os fãs da saga nutrem pelo ator, permanece. Sendo assim, conheça mais sobre outras produções que o ator participou após ter dado fim ao Lorde das Trevas.

Depois do final de “Harry Potter“, Daniel passou um bom tempo tentando se desvencilhar da imagem do personagem, fato bastante compreensível visto o tempo que ele passou sendo o bruxo adolescente. Com isso, ele se mostrou um artista muito versátil e atuou na pele de personagens muito diferentes do que aquele que o levou ao estrelato.

Publicidade

Confira o top 10 de melhores produções de Daniel Radcliffe pós-Harry Potter.

Publicidade

A Mulher de Preto (2012)

A Mulher de Preto” foi o primeiro trabalho pós-bruxo de Radcliffe e provavelmente é o filme do ator que todo fã de Harry Potter assistiu na época. Isso porque, a curiosidade para saber como ele se sairia em uma trama fora de Hogwarts era enorme na época, e ele realmente não fez feio.

Publicidade

Publicidade

No filme, Arthur Kipps é um jovem advogado viúvo a quem é dada a tarefa de cuidar dos trâmites legais de uma propriedade que pertenceu a uma mulher que acabou de falecer. Após a chegada na casa, Kipps precisa lidar com a falta de cortesia dos parentes da mulher, ao mesmo tempo que começa a descobrir os segredos daquela família. Para piorar, o advogado tem visões assustadoras de uma mulher vestida de preto e de outros eventos sobrenaturais.

Versos de um Crime (2013)

Esse foi o trabalho que realmente começou a revelar a versatilidade de Radcliffe e que ele era muito mais do que apenas o intérprete de Harry Potter.

Nesse drama biográfico, o ator assume a vida do poeta americano Allen Ginsberg que no período de faculdade, após o assassinato de David Kammerer, acaba se unindo a outros dois grandes nomes e se tornando um dos precursores da chamada Geração Beat.

Todas as questões de liberdade sexual e política abordadas no filme, fazem com esse seja ainda uma das melhores atuações de Daniel.

Amaldiçoado (2013)

Retornando as suas raízes de filmes de fantasia, porém com uma abordagem adulta, em 2013 ele assumiu o papel de Ig Perrish no filme “Amaldiçoado“, obra de terror/suspense baseada no livro do escritor Joe Hill, “O Pacto“.

Publicidade

Publicidade

Na história, Ig Perrish é o principal suspeito de ter estuprado e assassinado sua namorada de longa data. E após acordar com um misterioso par de chifres, ele inicia uma corrida para descobrir o que realmente aconteceu com sua amada, já que agora a nova aparência grotesca parece ter lhe dado a habilidade de fazer com que as pessoas não consigam mentir para ele.

Será Que? (2014)

Comédias românticas são quase sempre bastante clichês, porém, isso não quer dizer que isso seja ruim, não é? Um belo exemplo de comédia romântica bem feita, mesmo sem fugir de estereótipos, é “Será Que?“.

Aqui, Radcliffe assume o papel de Wallace um rapaz que passou mais de um ano sozinho após terminar um namoro e está pronto para abrir seu coração de novo. O problema é que a nova garota por quem ele se interessa já tem namorado, e mesmo após concordarem em ser apenas amigos, a relação se torna mais complicada quando a amizade se torna muito próxima.

Filme levinho, com boas piada e um ótimo elenco.

Um Cadáver para Sobreviver (2016)

Com uma abordagem surrealista, nessa comédia Daniel Radcliffe interpreta o cadáver Manny. Apesar de esse filme definitivamente não ser do tipo que agrada qualquer pessoa, é muito interessante ver o ator em um trabalho tao experimental quanto esse.

Publicidade

Publicidade

Na história, Hank é um homem perdido em meio a natureza que encontra por acaso o um corpo perdido na praia. Acontece que o morto conhecido por Manny , fala e parece ter habilidades que podem ajudar Hank a voltar para casa.

Um filme que pode ser desconfortável para o espectador, mas que vale a tentativa.

Imperium: Resistência sem Líder (2016)

Sempre quis saber como o Harry Potter se sairia sendo um agente do FBI? Então, “Imperium: Resistência sem Líder” vai matar a sua curiosidade.

Aqui, Daniel assume a vida de um agente do FBI infiltrado em uma gangue de skin heads nazistas. Com isso, o agente tem a missão de impedir que o grupo atinja o objetivo de detonar uma bomba que pode causar milhares de mortes.

Filme baseado em uma história real e com a maravilhosa Toni Collete no elenco.

Miracle Workers (2019 – Presente)

Publicidade

Publicidade

Saindo das telas de cinema e indo para a TV, em 2019 Radcliffe foi anunciado como o protagonista da série de comédia “Miracle Workers“.

Na história, Daniel é Craig Bog, um anjo que tem como responsabilidade ouvir as orações da humanidade e lidar com elas. Tudo muda quando o todo-poderoso Deus decide que é hora de se dedicar mais a seus hobbies e deixar seus anjos no comando. O problema é que com a retirada do criador, Craig e seus companheiros serão os responsáveis por realizar um milagre que impeça que a humanidade seja destruída.

A série já teve sua 3ª temporada confirmada é foi bem avaliada pela crítica.

Fuga de Pretória (2020)

Mais um filme biográfico para a lista do nosso eterno bruxo da cicatriz.

Em “Fuga de Pretória” acompanharemos a história de Tim Jenkin (Radcliffe) e Stephen Lee (Daniel Webber) dois jovens sul-africanos brancos que foram presos como “terroristas” em 1978 por fazerem parte das operações do partido de Nelson Mandela. O principal foco do filme é no plano de fuga de ambos da prisão de segurança máxima de Pretória.

Publicidade

Publicidade

Filmão para quem ama fatos históricos com grande embasamento social.

CONFIRA Também:

Harry Potter e a Ordem da Fênix | 8 curiosidades sobre a Organização

E então, saudades de Daniel Radcliffe como Harry Potter? Apesar disso, qual sua produção preferida do ator depois da saga? Esquecemos de colocar algum muito bom nessa lista? Comenta por aqui ou nas redes sociais do Sobre Sagas!

Formada em Marketing e pós graduanda do curso de Língua Portuguesa e Literatura. Trabalha na área de comunicação como Criadora de Conteúdo além de fazer trabalhos de atuação e locução para materiais em vídeo. Pseudo-cinéfila e apaixonada por todo universo Geek.

Deixe seu comentário