Cruella | O filme pode ganhar uma sequência?

Mesmo tendo estreado há pouco tempo, muito já se tem falado sobre uma possível sequência para o filme Cruella. O que é bem possível de acontecer!

Publicidade

Publicidade

Emma Stone como Cruella de Vil (Imagem: Reprodução/Disney)

O live-action Cruella mal estreou e muito já se tem falado sobre uma possível sequência para ele. O filme chegou ao Disney+ (via Premier Acess) e a diversos cinemas do mundo na última sexta-feira (28). No Rotten Tomatoes, o filme está com uma aprovação razoável, com 72% pela crítica especializada e 94% pela audiência geral.

Com a premiada atriz norte-americana Emma Stone no papel de Cruella de Vil, o filme, que é um spin-off de 101 Dálmatas (1961), conta a origem dessa clássica vilã da Disney, na época ainda chamada Estella e sem toda a fama que posteriormente ela conquistou no mundo da moda.

Publicidade

Se você já assistiu ao filme Cruella ou apenas tem curiosidade se ele pode ou não ganhar uma sequência, confira esta matéria do Sobre Sagas explorando melhor esta questão!

Publicidade

Cruella pode ou não ganhar uma sequência?

Embora a Walt Disney Company ainda não tenha se pronunciado publicamente sobre essa questão, há diversos fatores que nos levam a crer que, sim, é possível que o filme venha a ganhar uma sequência nos próximos anos.

Publicidade

Publicidade

Dois fatores em particular corroboram para essa hipótese: as questões em aberto que o primeiro filme deixou e uma recente entrevista do diretor do filme, Craig Gillespie, ao Collider.

Questões que o filme Cruella deixa em aberto para uma sequência

Caso você ainda não tenha assistido a Cruella, tenha em mente que, a partir daqui (até o fim desse subtítulo), há spoilers sobre os eventos do filme. Portanto, leia por sua conta e risco!

Diferentemente do que muitos imaginavam antes da estreia, o filme não mostra a transformação de Cruella em uma “assassina de cachorrinhos”, como na animação clássica de 1961. Ou seja, ainda não sabemos como Cruella acabou se tornando tão obcecada assim em utilizar a pele dos Dálmatas para criar roupas exclusivas para sua grife.

De acordo com a visão desse novo filme, Cruella não é realmente uma personagem obcecada pela pele dos Dálmatas — essa é apenas a forma como as outras pessoas a veem, inclusive a mídia. Algo que a personagem usa a seu favor, aumentando a popularidade de seu nome.

Cena do filme Cruella mostrando Cruella e seus capangas (Imagem: Reprodução/Disney)
Cena do filme Cruella mostrando Cruella e seus capangas (Imagem: Reprodução/Disney)

Se Cruella vai realmente se tornar cruel a ponto de realmente querer dar fim aos cachorrinhos para pegar suas peles, por mais improvável que isso seja nos dias de hoje, isso só viria a ser explorado numa possível sequência — que poderia até mesmo ser um remake de 101 Dálmatas, e não uma história totalmente original como Cruella.

Publicidade

Publicidade

Além disso, o filme conta com uma cena pós-crédito, que já explicamos mais a fundo nesta outra matéria. Essa cena levanta ainda mais questões, que poderiam ser explicadas num segundo filme. Um dos detalhes que a cena apresenta, e que sem dúvida muda bastante coisa na trama da trama original de 101 Dálmatas, é o fato de ter sido a própria Cruella a responsável por dar Pongo e Perdita a Roger e Anita.

Isso fez não apenas com que os dois futuramente engatassem uma relação, como fica subentendido ao compararmos o filme com a animação clássica, mas também pode fazer parte de um plano maior de Cruella, já dando indícios de seu possível interesse pela pele de Dálmatas.

Craig Gillespie já comentou sobre uma possível sequência para Cruella

Outro detalhe que reforça a possibilidade de Cruella realmente ganhar uma sequência foi uma recente declaração do diretor do filme, Craig Gillespie.

Ao Collider, Craig deu a seguinte resposta quando questionado sobre a possibilidade de um novo filme, continuando a história contada em Cruella:

Eu sinto que nós acabamos de conhecer [Cruella]. Eu adoraria ver agora a Cruella mais desenvolvida, totalmente carregada. Ela conseguiu ganhar o apoio necessário e agora ela pode realmente expandir a sua marca. Eu adoraria ver aonde isso poderia levá-la e como ela poderia quase acabar destruída de dentro para fora, caso ela não fosse cuidadosa com todo esse poder.

Ou seja, o próprio diretor reconhece que há, sim, “pano pra manga” o suficiente para uma possível sequência de Cruella, mostrando agora a personagem já bem definida e com sua própria grife já encaminhada. Entretanto, ele não deu nenhuma informação a mais sobre a possibilidade de isso se tornar ou não uma realidade, como era de se esperar.

Emma Stone como Cruella de Vil (Imagem: Reprodução/Disney)
Emma Stone como Cruella de Vil (Imagem: Reprodução/Disney)
Publicidade

Publicidade

Antes de dar sinal verde para uma sequência, a Disney, enquanto empresa, precisa primeiro avaliar a recepção do primeiro filme por parte do público. Só então ela pode ou não determinar a produção de uma sequência de Cruella. Que, caso aconteça na forma de um remake de 101 Dálmatas, provavelmente será muito diferente da animação clássica, para o bem e para o mal.

Mas e você, o que acha disso? Acredita numa possível sequência de Cruella? Gostou do primeiro filme ou achou ele fraco? Pois conta para a gente aí nos comentários! Além disso, fique ligado aqui no Sobre Sagas para mais matérias como essa!

Fonte: Collider

Redator e revisor da WebGo Content, graduado em Letras – Português/Inglês pela PUCPR. Tem experiência com redação e revisão de textos para Web. Gosta de poesia, literatura, cinema, televisão e gatos.

Deixe seu comentário