Conheça os participantes de ‘Casamento às Cegas: Suécia’

Enquanto navegam pela busca do amor verdadeiro, 32 participantes embarcam em uma jornada única em “Casamento às Cegas: Suécia”.

Este novo reality show da Netflix, que estreou nesta sexta-feira, dia 12 de janeiro, propõe um experimento social onde a aparência física não influencia a formação dos primeiros laços afetivos.

Os participantes vivenciam encontros em cabines privativas, onde conversam, riem, confidenciam sonhos e aspirações, tudo isso sem o elemento visual. No programa, a esperança é que a conexão emocional os guie até o altar, mantendo o amor às cegas no mundo real.

Participantes Homens de ‘Casamento às Cegas: Suécia’

Conheça os participantes de 'Casamento às Cegas Suécia'
Conheça os participantes de ‘Casamento às Cegas Suécia’.

Para começar a conhecer os participantes de “Casamento às Cegas: Suécia”, vamos ver quem são os homens solteiros que estão no reality:

  • Adde, 33 anos, Vice-Presidente – Empresa de Segurança
  • Andreas, 39 anos, Bombeiro
  • Christofer, 34 anos, Autônomo
  • Daniel, 38 anos, Empreendedor
  • Jimmy, 34 anos, Autônomo
  • Johan, 34 anos, Vendedor
  • Johannes, 32 anos, Gerente de Projetos
  • Lucas, 30 anos, Gerente Operacional – Produção de Energia
  • Markus, 29 anos, Consultor de Instrução de Treinamento
  • Milan, 28 anos, Vendedor de Carros
  • Mohamed, 32 anos, Personal Trainer
  • Mow, 43 anos, Consultor de Recrutamento
  • Oskar, 32 anos, Assessor Financeiro
  • Rasmus, 32 anos, Autônomo
  • Sami, 29 anos, Secretário Social
  • Sergio, 38 anos, Técnico de Futebol, DJ

Participantes Mulheres de ‘Casamento às Cegas: Suécia’

Casamento às Cegas Suécia Mulheres
Participantes mulheres de “Casamento às Cegas: Suécia”

Agora, saiba quem são as mulheres que estão em “Casamento às Cegas: Suécia”:

  • Alexandra, 33 anos, Secretária Geral
  • Amanda, 34 anos, Economista
  • Andrea, 36 anos, Dona de Estúdio de Ginástica
  • Catja, 32 anos, Especialista em RH
  • Emilia, 34 anos, Gerente de Negócios – Telecomunicações
  • Huda, 30 anos, Auxiliar de Enfermagem
  • Isabelle, 27 anos, Auxiliar de Enfermagem, Assistente Pessoal
  • Karolina, 32 anos, Controladora de Folha de Pagamento
  • Kimia, 34 anos, Enfermeira Esteticista
  • Krisse-Ly, 30 anos, Estilista de Interiores, Assistente de Vendas
  • Leila, 35 anos, Recrutadora
  • Meira, 30 anos, Economista
  • Nea, 36 anos, Conselheira Chefe
  • Nina, 31 anos, Gerente de Destino, Artista
  • Sandra, 36 anos, Professora de Yoga, Artista
  • Victoria, 36 anos, Educadora de Recursos

Tudo sobre ‘Casamento às Cegas: Suécia’

O formato de ‘Casamento às Cegas: Suécia’ não é novidade para muitos. Este reality show, apresentado pela carismática Jessica Almenäs na versão sueca, oferece aos espectadores uma lente para examinar até que ponto a aparência, raça ou idade desempenham um papel no amor.

Responsáveis por dar vida versão sueca de Casamento às Cegas estão os produtores Anna Nygren & Elias Malmberg e Mia Joelsson, como produtora de linha.

Completam a equipe dos produtores executivos Caroline Claesson, Andreas Johansson, Mattias Olsson & Matilda Snöwall, todos da produtora Mastiff.

Outras versões de ‘Casamento às Cegas’

A receita de sucesso de Casamento às Cegas começou nos Estados Unidos, onde a série se destacou em sua quarta temporada após um lançamento extraordinário durante a pandemia de covid-19.

O fascínio pela premissa do amor desvinculado do visual conquistou fãs, que agora comemoram a continuidade do programa.

Após o triunfo americano, a edição brasileira tomou as redes sociais de assalto, resultando em episódios populares de reunião e comentários fervorosos por parte do público. Naturalmente, o sucesso conduziu à renovação para uma segunda temporada.

Reconhecendo as particularidades culturais, o Japão também adaptou o reality para o seu público, provocando debates intensos e apresentando personagens fascinantes que ganharam a empatia dos fãs.

CONFIRA Também: ‘Casamento às Cegas Brasil: Depois do Altar’: veja o que esperar

Felipe MatozoJornalista, ex-repórter do Jornal e Canal "O Repórter" e ator profissional licenciado pelo SATED/PR. Fã de Star Wars que não reclama de filmes da franquia (com exceção do episódio IX, porque tudo tem limite). Gosta de dramas com boas atuações, comédias que não seguem fórmulas e slashers com mascarados que continuam voltando, por mais que isso não faça o menor sentido. Sente falta das vídeo locadoras e prefere ouvir música por álbuns.
FacebookInstagramLinkedinYoutube
Fechar