Benedict Cumberbatch apoia Scarlett Johansson em processo contra a Disney

Benedict Cumberbatch, que interpreta o Doutor Estranho no MCU, comentou sobre a disputa de sua ex-colega de elenco com a Disney.

Publicidade

Publicidade

Benedict Cumberbatch

Uma das disputas judiciais mais comentadas do último ano continua sendo repercutida entre os principais astros e estrelas de Hollywood. O processo aberto pela atriz Scarlett Johansson contra a The Walt Disney Pictures ainda está em desenvolvimento dentro das cortes superiores de Los Angeles, mas antes mesmo do veredito, diversos colegas de elenco já comentaram sobre o imbróglio, que recentemente foi pautado por Benedict Cumberbatch em uma entrevista.

Em uma conversa com a revista estadunidense The Hollywood Reporter, o ator, que interpreta o Doutor Estranho no Universo Cinematográfico da Marvelquebrou o silêncio sobre o que acha da disputa. Na ocasião, o ator lamentou pelas ações que envolvem o processo, mas se posicionou ao lado da colega ao criticar o argumento de Bob Chapek, CEO da Disney, de colocar a questão em um “contexto pandêmico“.

É triste o que tem acontecido entre os advogados. Apenas as acusações e a verborragia de ‘Coloquem isso em um contexto pandêmico’. Essa coisa toda é está um pouco bagunçada”, comentou Cumberbatch. “Nós estamos tentando entender quais devem ser as receitas para os artistas que contribuem para o negócio bilionário que é a Disney. E isso precisa ser contratualizado”.

Publicidade

Na mesma oportunidade, Cumberbatch fez questão de evidenciar como esse formato de lançamento é uma novidade para todos, e esse esquema de distribuição apresenta um novo paradigma complexo – que passa desde o formato tradicional de arrecadação percentual até escolhas estratégicas para o lançamento.

Publicidade

Como é a compensação normal de um artista com os bônus de bilheteria, como funciona? É um novo paradigma, e é um muito complexo. Ninguém viu isso chegar, e ninguém deve utilizar uma retrospectiva para dizer ‘Bem, isso deveria ter sido feito’. Este [Viúva Negra] seria o primeiro desses filmes que teria uma estreia nos cinemas durante a pandemia e ficou parado, parado e parado. É um território muito novo”.

Benedict Cumberbatch apoiou colega em disputa contra a Disney (Imagem: Reprodução/Marvel).

O ator, que retornará aos filmes do estúdio em “Homem-Aranha: Sem Volta Para Casa”, não foi o único a defender o lado de Scarlett Johansson nessa briga. Sua colega de elenco em “Multiverso da Loucura”, Elizabeth Olsen, também defendeu a ação da atriz. No último mês, ela defendeu que a solução para esses conflitos está nos próprios contratos da marca:

“Quando se trata de atores e seus lucros, quero dizer, tudo se trata de contratos. Ou isso está no contrato ou não está. Eu acho que ela é tão durona, e quando eu li aquilo eu fiquei tipo ‘Isso é ótimo para você, Scarlet'”.

Publicidade

Publicidade

A tomada de decisões da Disney nesse sentido chegou a afetar o próprio Kevin Feigepresidente executivo da Marvel que sempre se posicionou contra o lançamento híbrido de Viúva Negra“. A fala incisiva do CEO da companhia também não agradou muito o produtor, que trabalhou com a atriz desde sua estreia em “Homem de Ferro 2”, lançado em 2010.

CONFIRA Também:
Shang-Chi | Filme da Marvel arrecada US$90 milhões e bate recordes de bilheteria

Novidades a respeito do processo da atriz e os próximos passos dentro dos tribunais devem ser divulgadas nos próximos dias. Para mais informações sobre a disputa, fiquem ligados aqui no Sobre Sagas!

Fonte: The Hollywood Reporter

Arquiteto e Urbanista pós-graduando em Cenografia. Editor-Chefe e administrador do Sobre Sagas desde 2013. Apaixonado por adaptações cinematográficas, especialmente de fantasia.
FacebookInstagramLinkedin

Deixe seu comentário