Anatomia de Uma Queda, final explicado: o que aconteceu com Samuel?

  • “Anatomia de uma Queda” é um thriller de tribunal que ganhou a Palma d’Or e levou o público e a crítica a ponderarem sobre o seu desfecho ambíguo e provocativo.
  • O filme conta a história da misteriosa morte de Samuel e da batalha legal de sua esposa, Sandra, para provar a sua inocência.
  • O final revelador do filme deixa várias questões em aberto, sugerindo possíveis lutas e suicídio, desafiando o espectador a formular sua própria opinião.

Anatomia de uma Queda“, o mais recente suspense de tribunal a ganhar a Palma d’Or, tem deixado o público e a crítica em ponderação com o seu desfecho ambíguo e provocativo.

Dirigido por Justine Triet, o filme gira em torno da misteriosa morte de Samuel (interpretado por Samuel Theis) e da subsequente batalha legal de sua esposa Sandra (interpretada por Sandra Hüller) para provar a sua inocência.

A narrativa do filme retrata um casamento conturbado, onde Sandra e Samuel são escritores que lidam com uma tensa competição profissional. O drama se intensifica com a condição de seu filho, Daniel, que perdeu a visão em um acidente, lançando mais desconfianças sobre o ambiente doméstico isolado, onde a falta de testemunhas dificulta o processo de esclarecimento dos fatos.

O ponto crítico do filme ocorre quando Sandra é colocada no banco dos réus, enfrentando acusações graves que são amplificadas após a descoberta de relações extraconjugais e disputas profissionais acirradas com Samuel. O cenário torna-se nebuloso, as revelações são chocantes e, nessa intricada rede de segredos, a audiência é levada a questionar continuamente a verdadeira natureza da responsabilidade que Sandra tem sobre o acidente de Daniel e a morte de Samuel.

No final revelador de “Anatomia de uma Queda”, evidências apontam para uma possível luta entre o casal antes do fatídico incidente, e a hipótese de suicídio de Samuel é explorada. No entanto, um psiquiatra afirma categoricamente que essa teoria não se sustenta.

O testemunho mais aguardado é o de Daniel, cuja percepção da realidade é distinta devido à sua cegueira, inclinando-se para um desfecho intrigante que sugere o suicídio do pai ao relacionar a morte acidental do cão da família com um conflito emocional anterior entre seus pais.

A cena final, que mostra Sandra e seu advogado Vincent refletindo após o julgamento, não fornece respostas definitivas. A diretora Triet optou por um encerramento que mantém a dúvida e desafia o espectador a formular a sua própria opinião, sem oferecer provas conclusivas da inocência de Sandra.

Por que as evidências em “Anatomia de Uma Queda” não fazem sentido?

Anatomia de Uma Queda, final explicado o que aconteceu com Samuel

Uma das facetas mais provocantes de “Anatomia de Uma Queda” é a maneira como as evidências apresentadas se recusam a se encaixar em um quadro coerente.

Detalhes como a localização do sangue e a própria natureza da queda de Samuel desafiam os contornos tradicionais da narrativa de um crime. Daniel, com seu testemunho instável, contribui para o emaranhado de informações incongruentes que deixam a verdade num estado de suspensão, fora do alcance do público e da justiça.

A ambiguidade do final é uma escolha narrativa, talvez a própria essência de “Anatomia de Uma Queda”. Ele ecoa a fragmentação e a parcialidade que observamos nas histórias pessoais dos personagens.

Com Daniel, o filho cego de Sandra, como o único ‘olho testemunha’, a magnitude do que é desconhecido se amplifica. O filme se conclui conscientemente aberto, encorajando os espectadores a preencher as lacunas e aceitar que algumas verdades permanecem inalcançáveis.

Alexandre Garcia PeresEditor do Sobre Sagas e Analista de SEO da WebGo/Content. Raramente ri com filmes e prefere muito mais um dramão. Sempre conta os dias pelos próximos filmes do Tarantino, da Pixar e do Studio Ghibli e frequentemente reassiste os mesmos filmes na dúvida do que assistir. Pela formação em Letras, tem pavor de adaptações ruins de livros e sente um leve prazer ao assistir filmes muito ruins, especialmente os que passam na TV aberta. No tempo livre, gosta de tocar violão/guitarra, jogar videogame e brincar com um dos seus 12 gatos.
FacebookLinkedin
Fechar