A Cozinheira de Castamar | A série é baseada em fatos históricos?

Curioso para saber se a nova série de época da Netflix, "A Cozinheira de Castamar" é baseada em uma história real? Descubra nesse artigo!

Publicidade

Publicidade

A Netflix tem mais uma série de época queridinha que não levou muito tempo para conquistar os fãs de “Bridgerton” e de histórias da realeza em geral. “A Cozinheira de Castamar” chegou ao streaming esse mês após fazer um grande sucesso na Espanha e já levanta diversas questões sobre uma possível sequência e mesmo se a história é baseada em fatos históricos.

Em “A Cozinheira de Castamar” acompanhamos a história de Clara Belmonte (Michelle Jenner), uma moça humilde que desenvolve a chamada Agorafobia após ter de lidar com a morte precoce do pai. Após conseguir um emprego como cozinheira na casa do Duque de Castamar (Roberto Enríquez), a empregada não demora a cair nos encantos do viúvo e ambos iniciam uma relação tórrida e completamente proibida que pode causar um verdadeiro caos na sociedade política da época.

Publicidade

Para quem ainda não assistiu, a série com certeza irá conquistar quem é fã de grandes tramóias políticas de certa forma já exploradas em séries como Game Of Thrones” e “Os Tudors“. E quem não abre mão de cenas quentes e de romance, como as vistas em Bridgerton, também não vai se decepcionar nem um pouco.

Publicidade

Mas agora, vamos voltar a questão inicial desse artigo, “A Cozinheira de Castamar” é baseada em fatos? Confira a resposta nos próximos tópicos.

Série baseada em uma história real?

cozinheira-de-castamar-fatos
Imagem: Divulgação/Netflix
Publicidade

Publicidade

Quem esperava que o romance entre o Dom Diego e sua cozinheira tivesse realmente acontecido em algum momento do século XVIII, vai se decepcionar com a resposta.

A Cozinheira de Castamar” não é baseada em uma história real tendo sido construída apenas como mais uma ficção. Apesar disso, a série é baseada em um livro homônimo do escritor Fernando J. Múñez.

O livro de Múñez foi lançado em 2019 e não demorou a se tornar um grande sucesso na Espanha. O escritor desde sempre era conhecido por suas obras voltadas ao público infantil. Sendo assim, quando decidiu lançar um romance de época, muitos curiosos acabaram adquirindo e se apaixonando pela história.

Apesar de não ser real “A Cozinheira de Castamar” traz alguns fatos históricos

Imagem: Reprodução/ Netflix

Mesmo sendo um romance ficcional, é correto afirmar que a história trabalha sim com alguns personagens históricos.

Alguns exemplos são o rei Filipi V que na série é interpretado pelo ator Joan Carreras, e a rainha Isabel da Espanha interpretada pela atriz Silvia Abascal. Os monarcas reinaram durante décadas e são reconhecidos até hoje como grandes jogadores políticos da época, fato explorado na série.

Publicidade

Publicidade

O pano de fundo da série apresenta outras coisas verdadeiras, como as operações sociais da época.

O precipício de diferenças entre as classes (que existe até hoje, é verdade) assim como uma sociedade completamente domina por homens, é muito bem demonstrado tanto na série quanto no livro.

Podemos ver bem isso na própria história de Clara, que era uma moça educada que foi jogada na completa pobreza após perder o pai. A personagem ainda teve sorte em ter dotes culinários, visto que na época era comum que mulheres nessa situação ou se tornassem freiras ou prostitutas e cortesãs.

As proibições de relacionamentos como os de Diego e Clara em vista de casamentos com maior relevância de status, também é um fato longamente conhecidos não apenas na monarquia espanhola como em todo o mundo ocidental.

Dessa forma, apesar de não ter base em uma história real, “A Cozinheira de Castamar” apresenta sim algumas verdades históricas em sua trama.

Publicidade

Publicidade

CONFIRA Também:

Séries canceladas da Netflix: Lista das 7 que mais sentimos falta

E então, você já conhecia ou ficou ainda mais curiosos para assistir a nova série da Netflix? Acompanhe o Sobre Sagas para mais conteúdos e novidades sobre “A Cozinheira de Castamar“.

Formada em Marketing e pós graduanda do curso de Língua Portuguesa e Literatura. Trabalha na área de comunicação como Criadora de Conteúdo além de fazer trabalhos de atuação e locução para materiais em vídeo. Pseudo-cinéfila e apaixonada por todo universo Geek.

Deixe seu comentário